flash

DATA E HORA

CIDADE DE CABO FRIO - ESTADO DO RIO DE JANEIRO -

QUEM SOU EU

Minha foto
OBJETIVO DESTE BLOG É ENSINO DA PALAVRA DE DEUS E DIVULGADOR DAS SANTAS ESCRITURAS. OBJETIVO TAMBÉM É DIVULGAR E PROMOVER A EBD, TRAZENDO IDEIAS E NOTÍCIAS DESTA TÃO IMPORTANTE ORGANIZAÇÃO DA IGREJA. QUE DEUS NOS ABENÇOE.

Viersiculos

25/01/15

LIÇÃO 05- O CAPACETE DA SALVAÇÃO
























Lição 5 – O capacete da salvação

Texto Bíblico: Efésios 6.17

Não é novidade que desde a criação do ser humano o diabo e seus anjos têm intentado e procurado atingi-lo e nocauteá-lo. Essa grande luta começou no Jardim do Éden. E, A partir de então, tornou-se cada vez mais renhida[1] e intensa.
A área mais nobre do corpo humano é, sem dúvidas, a cabeça, porque ali reside o centro das decisões físicas, relacionais, morais, éticas, comportamentais, culturais e, principalmente, espirituais. Por isso mesmo é muito visada. Pés, mãos, braços, ouvidos, olhos, coração e pulmões são estruturas muito nobres, mas a mente humana supera a todas. Dia e noite ela é monitorada e intensamente atacada. O objetivo do inimigo em atingi-la é produzir confusão mental, perturbação, opressão, a fim de desestruturar, desequilibrar e derrotar a vida por completa. Jesus nos alertou: “O ladrão não vem senão para matar, roubar e destruir...” (Jo 10.10).
Segundo informações veiculadas pelas indústrias farmacêuticas, em dez anos houve um exagerado aumento nas vendas de medicação psicotrópica, os chamados “tarjas pretas”, superando em muito todos os demais tipos de medicamentos. Isso ocorre porque há milhões de pessoas que estão perturbadas mentalmente. São pessoas dependentes de drogas lícitas e ilícitas, sexo sem limites, pessoas totalmente afetadas e viciadas em internet. São olhos, ouvidos, sentimentos e pensamentos corrompidos.
Em recente declaração em rede nacional, o ministro da saúde declarou: “O crack é uma epidemia e já perdemos o controle; não temos vagas em nossas instituições; não temos médicos especialistas e contamos com voluntários nessa luta. As instituições evangélicas são nossas parceiras nesta guerra sem limites...”.
Na guerra contra as “forças espirituais do mal, nas regiões celestes,  apenas Jesus é capaz de vencer e, por sua vitória, garante que “todo aquele que nele crer, não pereça, mas tenha a vida eterna” (Jo 3.16). Porém, mesmo sendo salvos, precisamos ter a nossa mente protegida dos “dardos inflamados do maligno” (Ef 6.16). Esses dardos são lançados todos os dias em nossa direção. Jesus nos adverte: “Vigiai... Bem aventurado aquele que vigia e guarda as suas vestes” (Ap 16.15).
Tomai o capacete da salvação...” (v.17). Por que esse elemento da armadura é tão essencial?

  1. A mente é um contínuo campo de batalha
Paulo afirmou: “Receio, tenho medo, que assim como a serpente enganou Eva com sua astúcia, assim também seja de alguma forma corrompida a vossa mente e se apartem da simplicidade que há em Cristo”. (2Co 11.3). Os ataques do inimigo são direcionados à nossa mente e a Bíblia afirma que Satanás é o corruptor que tem como ferramenta principal a mentira. Ele também usa “ventos de doutrinas”, heresias, consumismo, materialismo e outros meios, a fim de que pessoas se afastem da verdade, desprezem os valores absolutos, aceitem subornos, vendam seus corpos e até a própria alma. Ele é sedutor e oferece riquezas transitórias e terrenas.
Lemos em revistas e jornais, ouvimos em rádios e TVs que o número de pessoas ansiosas tem aumentado. Há inquietação por toda parte. O medo do futuro é algo que amedronta vidas e traz perturbação mental. Há milhões de vidas afetadas por lembranças do passado e tudo isso gera tensão, fobias e doenças psicossomáticas. Estando perturbadas, essas pessoas vivenciam insatisfação no trabalho, casamentos são afetados, agressões físicas ou verbais são constatadas nas famílias. Pessoas insatisfeitas tornam-se tensas, agressivas e vulneráveis.
Jesus Cristo, ao se apresentar como vencedor por sua obra redentora, prova que apenas Ele é capaz de quebrar as algemas diabólicas que aprisionam mentes e vidas. Ele desfaz todo tipo de cativeiro representado pelas neuroses, fobias, obsessões e insanidades. Jesus devolve a alegria, o brilho, a sensatez e “torna a despertar, desprendendo-se dos laços do diabo, em que a vontade deles estão presos” (2Tm 2.26). Jesus oferece, novamente, o “perfeito juízo e paz interior” (Mc 5.15).

  1. A mente precisa do “capacete da salvação” para sua proteção
Há uma lei de trânsito que obriga todos os motociclistas a usarem o capacete. Isso acontece para prevenir traumatismos cranianos e lesões fatais no cérebro. Na antiga Roma, os soldados também eram obrigados a usar um tipo de capacete construído de metal e muito resistente, conhecido como “elmos”. O que representa o “capacete da salvação”? Ora, se a mente (a cabeça) é a parte mais visada pelo maligno, Deus nos oferece uma eficaz proteção! Essa importante peça da armadura de Deus, o CAPACETE DA SALVAÇÃO, previne-nos da contaminação do mal. A PALAVRA DE DEUS é o nosso eficiente capacete defensor.
Um dos piores golpes que o diabo lança contra todos os cristãos verdadeiros, vem através dos pensamentos, onde ele instila dúvidas, medo e culpa. Por vezes, o cristão ouve: “Cuidado, porque você pode perder a salvação!” ou “Você está vendo como Deus lhe abandonou?” e ainda: “Você não consegue viver uma vida cristã digna porque é infiel...”. Em momentos como esse, Jesus vem em nosso socorro e nos oferece o CAPACETE DA SALVAÇÃO de Sua bendita Palavra. Em João 6.37-39, Ele afirma que não nos lança fora quando o buscamos e não nos deixar perdidos.
Além de proteger, o CAPACETE também é um símbolo da vitória. Quando os soldados romanos vinham da batalha em que eram vencedores, entravam nas cidades com seus capacetes levantados, como se estivessem mostrando um troféu. Jesus, quando derrotou o diabo, vencendo a morte, levantou em suas mãos a coroa da vida. O Apóstolo Paulo afirma que através de Cristo, nós também “somos mais que vencedores” (Rm 8.37) e Ele nos “conduz em triunfo”(2Co 2.14).

  1. O CAPACETE DA SALVAÇÃO nos dá a certeza da vitória
O Apóstolo Paulo disse: “Mas nós que somos do dia, sejamos sóbrios, vestindo-nos da couraça da fé e do amor, e tendo por CAPACETE a esperança da salvação” (1Ts 5.8). Quem é salvo, tem esperança e fé e esses sãos os elementos básicos para a conquista diária. A nossa salvação está em desenvolvimento e a cada dia Deus nos permite “desenvolvê-la com temor e tremor... ” (Fp 2.12).
Deus mede o nosso caráter, nossa mentalidade, nossas palavras, desejos e vontade, para que reproduzamos atitudes e comportamentos alinhados sempre com a Sua vontade. Para que isso ocorra, precisamos estar comprometidos com o processo da renovação da nossa mente, mediante a Leitura Bíblica e obediência à Palavra de Deus (Rm 12.2). Quem é salvo, não pode pensar como o mundo pensa, porque nós possuímos “a mente de Cristo” (1Co 2.16) para que possamos raciocinar em sintonia com o pensamento de Deus.
O CAPACETE DA SALVAÇÃO é o protetor de nossa mente, ou seja, a memorização e a meditação da PALAVRA DE DEUS nos protege contra as constantes ciladas do diabo. Com a PALAVRA, podemos rejeitar pensamentos destruidores. Para que isso aconteça, basta tomarmos posse da PALAVRA do Senhor e o maligno fugirá de nós. O salmista Davi escreveu: “Guardei a Palavra na minha mente” (Sl 119.11). Além disso, através do CAPACETE DA SALVAÇÃO, que é a Palavra de Deus, temos acesso aos maravilhosos recursos de Deus que reforçam a nossa vitória contra o mal: 1. Somos filhos de Deus (1Jo 3.2; Rm 8.17); 2. Nunca mais estaremos sós (Jo 14.16); 3. Pertencemos à família de Deus (Ef 2.19).

PARA PENSAR E AGIR

1.     Todo cristão precisa usar o CAPACETE DA SALVAÇÃO?
2.     Professar que é cristão e não ter o CAPACETE DA SALVAÇÃO é ser alvo fácil do inimigo.
3.     O CAPACETE DA SALVAÇÃO protege a nossa mente, mantendo-a sã e salva.
4.     A mente somente é curada pelo Sangue de Cristo, mas para mantê-la saudável só é possível através do uso contínuo do CAPACETE DA SALVAÇÃO.
5.     Cuidado com a sua cabeça! É um órgão vital, sede dos pensamentos. Use o CAPACETE DA SALVAÇÃO: Use a PALAVRA DE DEUS!

 [1] RENHIDA, conforme o Dicionário Aurélio, “tenazmente disputada”.
CONVENÇÃO BATISTA FLUMINENSE-http:www.batistafluminense.org.br

08/03/14

A IGREJA DE CRISTO


" Tu és Pedro, e sobre essa pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela"
                             MATEUS 16.18

ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL A MAIOR DO MUNDO

" O meu povo está sendo destruído, porque lhe falta o conhecimento. Portanto rejeitaste o conhecimento, também eu te rejeitarei, para que não seja sacerdote diante de mim"
                                              Oséias 4:6 
     Primeira Igreja Batista Em São Cristóvão
        São Cristóvão- Cabo Frio
        Rua Marques de Olinda,397

27/10/13

Reforma Protestante


Reforma Protestante
A Reforma Protestante foi um movimento reformista cristão iniciado no início do século XVI por Martinho Lutero, quando através da publicação de suas 95 teses, em 31 de outubro de 1517 1 2 na porta da Igreja do Castelo de Wittenbergprotestou contra diversos pontos da doutrina da Igreja Católica Romana, propondo uma reforma no catolicismo romano. Os princípios fundamentais da Reforma Protestante são conhecidos como os Cinco solas.3
Lutero foi apoiado por vários religiosos e governantes europeusprovocando uma revolução religiosa, iniciada na Alemanha, estendendo-se pela SuíçaFrançaPaíses BaixosReino UnidoEscandinávia e algumas partes do Leste europeu, principalmente os Países Bálticos e a Hungria. A resposta da Igreja Católica Romana foi o movimento conhecido como Contra-Reforma ou Reforma Católica, iniciada no Concílio de Trento.
O resultado da Reforma Protestante foi a divisão da chamada Igreja do Ocidente entre os católicos romanos e osreformados ou protestantes, originando o Protestantismo.